Afufe homenageia Trabalhadores

postado em: Notícias | 0

 

Sexta dia 07/09 aconteceu a festa "October do Trabalhador" a festa do Chopp que esse ano contou com a realização de uma homenagem aos sócios da FPE e FASE com mais de 25 anos de trabalho, alem da direção da Afufe, representantes das direções das Fundações (FPE e FASE) e Semapi estiveram presentes prestigiando o evento.

Foi feito a leitura de um texto que conta um pouco da história das Fundações, desde o inico nos anos 60, até o surgimento da FEBEM e seus primeiros locais de trabalho, após foi entregue certificados pelas direções das Fundações e um PIN pela Afufe em alusão a passagem de mais de 25 anos de trabalho para todos os laureados.

Parabéns a todos e todas homenageados.

Confira as fotos dos homenageados em:

 

https://www.facebook.com/afufeRS/

 

 

Confira o texto da homenagem na integra:

Década de 1960…e o trem já circulava há muito tempo…

Grandes vagões recebiam pequenos e jovens passageiros…alguns para uma curta viagem, outros para um percurso bem maior…

À bordo, muitos funcionários para atender as demandas dessa viagem…

Tempos difíceis onde além do abandono infantil, vagões lotavam de adolescentes com o bilhete adquirido “por atitude suspeita”…”vadiagem”…

E lá todos seguiam para o primeiro vagão chamado Instituto Central de Menores – ICM- onde a “triagem” determinava o próximo vagão onde continuariam o percurso…

Os caminhos do trilho, sempre foram traçados pela Lei, o que dava certas garantias e estabilidade de rotas…

Ao longo do tempo, funcionários foram chegando…ora por inscrição, ora por indicação e mais tarde os ingressos se deram por concurso…

Alguns logo se adaptavam a um vagão e de lá não mais queriam sair….outros no entanto, experimentavam vagões diferentes …

Uns chegaram de mala e cuia…..outros, de mochila nas costas, indicando que a intenção não era de permanecer por muito tempo

E no decorrer da viagem os passageiros iam se acostumando com essa alternância de trabalhadores do trem…

Cada vagão foi ganhando o seu nome:

Instituto Central de Menores

Instituto infantil Ipanema

Instituto Infantil Samir Squeff

Instituto Odila Gay da Fonseca

Instituto Carlos Santos

Instituto Juvenil Masculino

Instituto Juvenil Feminino

Instituto Irmão Miguel Dario

Instituto Dom Bosco

Instituto Conego Paulo de Nadal

Instituto Neitha Ramos

Mas o trem era o mesmo…as vezes, mudava de maquinista a cada quatro anos…as vezes,  em menos tempo….

Até que por força de Lei, em 1990 é previsto separação jurídica entre os atendimentos propostos.

Então por dois anos, a Secretaria do Trabalho Cidadania e Assistentência Social,- STACAS – tentou organizar o comando, porém, não tinha como acomodar um trem tao grande dentro de um departamento….

Atendendo a preposição do Estatuto da Criança e do Adolescente   em…… cria-se a Fundação de Atendimento Sócio Educativo e em maio de 2002, cria-se a Fundação de Proteção Especial do Estado do Rio Grande do Sul Chamado por todos como FASE e FPE

Nesse momento o trem passa então a ter duas rotas distintas…

As Estações permanecem as mesmas…

-Juizado da Infancia e da Adolescencia

-Defensoria Publica

-SEMAPI

-AFUFE
entre tantos outros parceiros que apoiaram e deram o suporte necessário para que a Ferrovia tivesse êxito nessa longa viagem

Nessa viagem, cada um trouxe sua bagagem, cada um construiu sua historia

Cada um deixou sua marca e com certeza saiu marcado também…

Muitos dirão que foi árduo o caminho, … outros dirão que a viagem teve também seus atrativos….

Cada olhar construirá sua paisagem….

Cada viajante contará a sua história….

E hoje, estamos nós aqui nessa Estação chamada AFUFE para prestar nossa homenagem a todos esses parceiros de viagem, que há 25 anos ou mais, nos auxiliam nesse trajeto…

Por singelo que seja, nosso agradecimento toma uma forma indestrutível na memória de todos aqui….nesse momento que expressamos nossa gratidão por todos esforços… toda dedicação….todas noites mal dormidas… por toda forma de empenho no cuidado dos passageiros…. concordando com o que era possível concordar, discordando muitas vezes nas estratégias propostas….mas cada um empenhando a si mesmo, honrando aquele ingresso adquirido há tantos anos….

Nosso trem segue sua rota…e nós seguimos nossa viagem…

Mas nesse momento, nessa Estação,  a todos vocês, a nossa gratidão!!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 8 =